Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Ciclo de música de Câmara no Instituto Italiano de Cultura – edição 2019

 

Ciclo de música de Câmara no Instituto Italiano de Cultura – edição 2019

Curadoria: Paulo Esper, Monica Lucas e Eduardo Monteiro

O Instituto Italiano de Cultura de São Paulo renova e amplia em 2019 sua proposta musical. Como em 2018, a temporada de seis concertos entre março e novembro tem a curadoria de Paulo Esper e, este ano, conta com a colaboração da Profa. Monica Lucas e do Prof. Eduardo Monteiro da Escola de Comunicação e Artes da USP. Todos os concertos terão um viés italiano tanto ta origem dos músicos quando no repertório apresentado. Entre os convidados especiais desta temporada destacamos o violinista Francesco D’Orazio, colaborador histórico de Luciano Berio, o jovem e virtuoso pianista Luca Buratto e o violinista Manfredo Kraemer, referência internacional no violino barroco. Com estas propostas o Instituto Italiano de Cultura visa estabelecer-se como espaço privilegiado para a música de câmara em São Paulo.

 

QUINTA-FEIRA | 28 DE MARÇO

Recital de canto e piano

Maria Sole Gallevi (soprano - it), Gustavo Lassen (baixo - br) e Lucas Nogara (piano - br)

Bacharel em Música (Piano) pela Unesp. Em 2017 e em 2016 Lucas Nogara participou da orquestra, como primeiro teclado, dos espetáculos “Les Misérables” e "My Fair Lady"; atuou como pianista e assistente de direção musical do espetáculo "Meu Amigo Charlie Brown" e participou da orquestra do musical ''Mulheres à beira de um ataque de nervos".

Maria Sole Gallevi e Gustavo Lassen são dois jovens premiados no “Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas”. A soprano italiana radicada em São Paulo realiza recitais e concertos em várias cidades da Itália e participa ativamente das temporadas de ópera do Theatro São Pedro e Festivais pelo Brasil. Seu repertório vai do bel canto francês e italiano até o verismo. Já o baixo brasileiro participa de inúmeras montagens de ópera pelo país e já atuou na Espanha na ópera “La Bohème” de Giacomo Puccini.

Programa: Canções de Francesco Paolo Tosti (1846-1916) e árias de ópera de Rossini (1792-1868), Donizetti (1797-1848), Puccini (1858-1924)

 

TERÇA-FEIRA | 28 DE MAIO

Recital de violino e piano

Francesco D’Orazio (violino - it) e Giampaolo Nuti (piano - it)

Com um repertório que abrange desde a música antiga até a música clássica, romântica e contemporânea, Francesco D’Orazio apresentou-se em prestigiosas instituições na Europa e nos EUA. Obteve o Prêmio Abbiati da Crítica Musical Italiana como “Melhor Solista”: foi o primeiro violinista italiano a receber este reconhecimento depois de Salvatore Accardo em 1985.

Vencedor de inúmeros concursos italianos de piano, Giampaolo Nuti realizou concertos na Europa e nas Américas, assim como nos maiores centros italianos, onde toca regularmente em importantes festivais. Em seu repertório: Bach, Haydn, Mozart, Beethoven, Liszt, Chopin, Alkan, Tchaikovsky, Shostakovich e Mozart, que apresentou com as maiores orquestras italianas.

Programa: peças de Igor Stravinsky (1882-1971), Luciano Berio (1925-2003), Nino Rota (1911-1979), John Adams (1947), William Bolcom (1938), Maurice Ravel (1875 – 1937).

 

QUINTA-FEIRA | 13 DE JUNHO

Recital de harpa

Paola Baron (it)

Italiana, Paola Baron obteve o Mestrado na Universidade Mozarteum de Salzburg com Sarah O’Brien e se aperfeiçoou no Conservatório Superior de Lyon. Foi harpista principal do Teatro Ópera e Ballet de Liubliana (Eslovênia), da Orquestra Fondazione Arturo Toscanini, da Orchester der Tiroler Festspiele e do Balé Real de Birmingham, entre outros grupos. Atuou como solista e camerista na Itália, França, Alemanha, Áustria, EUA, e Brasil.

Programa: peças de J. Balsir Chatterton (1804-1871), L. Spohr (1784-1859), G. Caramiello (1838-1938), E. Walter-Kune (1870-1930), P. Mascagni (1863-1945), H. Trncek (1858-1914)

 

QUINTA-FEIRA | 08 DE AGOSTO

Recital de piano

Luca Buratto (it)

Desde que recebeu o Honens International Piano Competition em 2015, Luca Buratto apresentou-se em três continentes, tendo sido rapidamente reconhecido como um artista único: “um nome a assistir” (The Guardian), “um virtuoso incomum” (The Telegraph), “magistral” (International Piano), “um artista que é ao mesmo tempo esclarecedor e destemido” (ConcertoNet).

Programa: peças de R. Schumann (1810-1856), L. V. Beethoven (1770-1827), M. Ravel (1875-1937)

 

QUINTA-FEIRA | 12 DE SETEMBRO

Recital de música de câmara

Harmoniemusik (br)

O nome do conjunto deriva do próprio repertório ao qual o grupo se dedica, conhecido como Harmoniemusik: estilo de música de câmera composta, no século XVIII, para grupos de instrumentos de sopro. O conjunto é integrado por músicos brasileiros e argentinos e constitui a única formação do gênero na América Latina.

Programa: “Don Giovanni”de W. A. Mozart (1756-1791) entre outros

 

QUINTA-FEIRA | 07 DE NOVEMBRO

Quadros Sonoros

Manfredo Kraemer (violino - arg) e o Conjunto de música antiga da USP (br)

Reconhecido pela revista musical da BBC em 2004 como “um dos violinistas barrocos mais influentes e distintos da atualidade”, Manfredo Kraemer iniciou seus estudos de violino em Córdoba, Argentina. Em 1984, estabeleceu-se na Alemanha, onde estudou na Escola de Música de Colônia e co-fundou a orquestra Concerto Köln em 1985. Em 2001 fundou a La Barroca del Suquía, considerada uma das melhores orquestras barrocas da América Latina.

O Conjunto de Música Antiga da USP, dirigido por William Coelho, é um grupo dinâmico e arrojado, formado por músicos especialistas em instrumentos históricos. O grupo alinha-se com intérpretes nacionais e internacionais que compartilham da proposta de unir pesquisa musicológica e performance da música dos séculos XVI, XVII e XVIII. A direção do conjunto está a cargo do maestro.

Programa: peças de A. Vivaldi (1678-1741), P. J. Rittler (1638-1690), G. P. Telemann (1681 - 1767).

 

 

Todos os concertos serão realizados às 19:00 no Instituto Italiano de Cultura (Av. Higienópolis, 436). Os eventos são gratuitos e é suficiente apresentar-se no endereço mencionado 30 minutos antes do começo do concerto.


1411