Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Lato Sensu

 

Lato Sensu

1. O que é? Quem deve realizar o exame?

O exame de “Proficiência” na modalidade Lato Sensu é exigido aos candidatos participantes de programas de Pós-Graduação no Brasil e, em alguns casos, também possibilitam a esses candidatos realizarem parte do programa em alguma Universidade ou Instituição italiana, através de um intercâmbio, que é oferecido pela própria Universidade, Faculdade ou Instituição universitária brasileira onde o candidato irá realizar o referido programa de Pós-Graduação, conforme EDITAIS publicados por essas Instituições.

Também é exigido eventualmente pela CAPES, aos candidatos participantes dos Programas de Doutorado Pleno no Exterior, Doutorado-Sanduíche e Leitorado para Instituição Universitária Estrangeira, conforme EDITAIS publicados por esse órgao do Governo brasileiro.

 

2. Estrutura, duração da prova e critérios de avaliação do esame

O exame Lato Sensu é composto por uma prova escrita e uma oral.

A duração da prova escrita é de três horas, não sendo permitido o uso de dicionário ou de recursos multimídias, e contempla:

· Prova de compreensão de textos escritos;

· Prova de competência linguística;

· Redação de um texto em italiano;

Cada teste escrito será avaliado dentro de uma escala de 0 a 10 pontos.

A redação será avaliada dentro de uma escala de 0 a 30 pontos.

A pontuação máxima que o candidato pode alcançar na prova escrita é de 80 pontos.

O exame oral será realizado logo após a prova escrita e consiste de uma entrevista, em língua italiana, com duração prevista entre 10-15 minutos, sobre um tema de caráter geral escolhido pelo examinador, que avaliará as capacidades de compreensão e argumentação oral do candidato. O resultado da prova oral será avaliado dentro de uma escala de 0 a 20 pontos.

 

3. Quando o exame é considerado superado?

A nota final do exame de “Proficiência” Lato Sensu é a soma dos pontos obtidos pelo candidato nas duas provas (escrita + oral).

No atestado que será emitido pelo Istituto Italiano di Cultura constará, ao lado da pontuação total obtida pelo candidato, a indicação de equivalência junto ao QCER (Quadro Comum Europeu de Referência para línguas), conforme segue:

 

Pontuação total obtida no exame

Equivalência QCER
0 – 49 pontos Exame não superado
50 – 59 pontos Nível A1
60 – 69 pontos Nível A2
70 – 79 pontos Nível B1
80 – 89 pontos Nível B2
90 – 100 pontos Nível C1

 4. Quando é divulgado o resultado?

A correção do exame realizado em São Paulo e a divulgação do resultado ocorrerão num prazo de até 15 dias, contados a partir da data de realização da prova.

A correção dos exames realizados nas demais sedes e a divulgação dos resultados ocorrerão num prazo de até 15 dias, contados a partir da data do recebimento das provas em São Paulo.

 

5. Emissão do atestado

O atestado será emitido somente se o candidato obtiver no exame a pontuação mínima indicada no EDITAL publicado pela Instituição brasileira (ou italiana) requerente e sua validade destina-se, exclusivamente, para os fins e para o período estabelecido no EDITAL que o candidato apresentou no momento da sua inscrição.

Os candidatos residentes na cidade de São Paulo deverão retirar o atestado diretamente na sede do Istituto Italiano di Cultura. Os candidatos residentes nos demais municípios do Estado de São Paulo e em outros Estados receberão o atestado através dos Correios.


1377