Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

Preferências cookies

Pré-estreia internacional ‘Coppelia Project’ – Compagnia blucinQue

sito

Boneca mecânica e ilusão, corpo desequilibrado, pendurado e inerte, como uma marionete que procura identificar-se e, ao mesmo tempo, libertar-se: o Coppélia Project traz, com este trabalho da coreógrafa Caterina Mochi Sismondi, a atenção para o tema da identidade, da máscara que cada um de nós utiliza, e de uma mulher vista em sua fragilidade, mas também em sua força, graças aos diferentes papéis que é capaz de desempenhar.

Inspirada no balé Coppélia, A Menina dos Olhos de Esmalte, esta nova criação da Companhia blucinQue une e harmoniza técnicas de dança clássica e contemporânea, de contorção e suspensão capilar, uma mistura entre objeto, som e imagem, para enfatizar sempre o corpo e sua fragmentação. A música, a partir das notas de Delibes, é cuidadosamente elaborada pela musicista Bea Zanin e reproduz temas do balé, com interferências de eletrônica e violoncelo.

O trabalho é inspirado no desenvolvimento adicional e interpretação do Ballet Mécanique de 1924, obra de Fernand Léger do primeiro cinema cubista. O filme contém muitos sinais e significados semelhantes a esta encenação, referencias para um balé onde detalhes de corpo e objetos em movimento – em um ritmo sempre quebrado e integrado às notas do compositor George Antheil – ganham vida com repetições contínuas, câmera lenta e acelerações.

Ideia e direção: Caterina Mochi Sismondi

Performance: Elisa Mutto, Michelangelo Merlanti, Vladimir Ježić, Carlos Rodrigo Parra Zavala, Simone Menichini e Jonnathan Lemos

 

Companhia blucinQue

A companhia, fundada pela coreógrafa e diretora Caterina Mochi Sismondi juntamente com um coletivo original, incluindo as atrizes Elena Cavallo e Fabiana Ricca, a escritora Marta Pastorino e o músico e performer Gianluca Pezzino, participou de inúmeros festivais e mostras nacionais e internacionais. Após ganhar o edital Next em 2015, estiveram em residência no Piccolo Teatro di Milano, no Teatro della Tosse di Genova e no Teatro Astra di Torino.

Em 2017, estrearam com Xstream no Asti Teatro, seguido por Vertigine di Giulietta em 2018. Em 2020, trouxeram para o palco Vertigine di Giulietta – Distance Mode e Gelsomina Dreams, este último um projeto em homenagem a Federico Fellini e selecionado pelo Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional (MAECI).

Em 2021 e 2022, continuaram com as produções Vertigine di Giulietta – Distance Mode e Gelsomina Dreams em diversas cidades italianas e no exterior. Em 2023, apresentaram as novas criações Coppélia Project e DansCirque, seguidas em 2024 por Puccini Dance Circus Opera, em colaboração com a Fondazione Entroterre e a ORT Orchestra della Toscana.

Atualmente, a companhia está sediada no Teatro Café Müller em Turim, sob a direção artística de Caterina Mochi Sismondi.

* * * * *

 

Realização:

Istituto Italiano di Cultura di San Paolo

Compagnia blucinQue

Sesc São Paulo

 

* * * * *

‘Coppelia Project’ – Compagnia blucinQue

24 e 25 de maio de 2024

Horário: às  20:30

Local: SESC BELENZINHO, Rua Padre Adelino, 1000.

Ingressos no site do Sesc Belezinhho: Coppelia Project – Un Ballet Mécanique (Itália) – Sesc São Paulo : Sesc São Paulo (sescsp.org.br)

  • Organizado por: IICSP, Compagnia blucinQUE e Sesc São Paulo